Em 2050, a população do mundo está prevista para chegar a algo em torno de 10 bilhões. De acordo com especialistas, isso irá contribuir para uma grave escassez de alimentos. Em sua busca por soluções, o cineasta Valentin Thurn viaja o mundo em busca de alternativas ecológicas e economicamente viáveis. Na Índia, a população local afirma que sua colheita é muito mais resistente a inundações do que aquelas geneticamente modificadas. Na Tailândia, há uma fazenda de insetos. Ele também encontra iniciativas privadas e projetos de agricultura urbana nos EUA, Reino Unido e Alemanha. Essa é a história real de 10 bilhões – O que tem para comer? {10 Milliarden – Wie werden wir alle satt?}.
O mundo está vivendo uma fase única: as pessoas nascem e a taxa de mortalidade infantil é cada vez menor, graças à tecnologia e à melhoria na saúde. As pessoas morrem mais tarde, por terem vidas mais saudáveis e uma medicina mais avançada {apesar de muito aquém do necessário}. Ou seja: a população cresce. E é preciso alimentar esse povo todo.
Como?
O trabalho de Valentin Thurn é interessantíssimo! Ele viaja pelos lugares mais variados do planeta, mostrando o que está se fazendo em prol da alimentação mundial. O espectador tem a opção de conhecer formas diferentes, e escolher a que lhe parece mais consistente.
É claro que o próprio diretor expõe suas opiniões, mas o interessante é a exposição: ele nos apresenta opções, nos faz pensar, refletir sobre um assunto tão sério.
Qual será o mundo que deixaremos para as próximas gerações?
Um documentário necessário nos dias de hoje.

A 18ª edição do Festival do Rio acontece de 06 a 16 de outubro, e nós da VISÃO.ARTE estamos ligados em tudo, trazendo o melhor pra você.
Até a próxima, 
Lathife Porto

Escrito por

Lathife Porto

Meu nome é Lathife Porto, sou comunicadora e apaixonada por moda e beleza {acessórios são vício!}, arte e cultura, decoração, arquitetura, e entretenimento.

Moro no Rio de Janeiro, estou sempre em Paraty {RJ}, mas você pode me encontrar em qualquer lugar do mundo – principalmente no mundo virtual.