Festival do Rio 2017: A Ciambra

Em uma pequena comunidade romana na Calábria, Pio Amato não vê a hora de virar adulto. Aos 14 anos, ele já bebe, fuma e é um dos poucos a circular com facilidade entre os grupos da região: os italianos locais, os refugiados africanos e o grupo de ciganos Romani. Pio tem como referência seu irmão mais velho Cosimo, com quem aprende como se virar nas ruas de sua cidade natal. Quando Cosimo desaparece, Pio vê uma oportunidade para provar sua maturidade, mas logo se encontra diante de uma decisão que colocará tudo à prova. Essa é a história de A Ciambra.

Foi filmado na Itália. Poderia ter sido no Rio de Janeiro ou em qualquer lugar do mundo. A falsa ideia do poder através do crime é um mal universal. Pio representa milhares de garotos espalhados pelo planeta.

Candidato italiano ao Oscar 2018 e premiado na Quinzena dos Realizadores de Cannes 2017, A Ciambra nos leva a uma Itália pouco conhecida: sem praças românticas, sem História de milênios, sem arte pulsante. O jovem diretor Jonas Carpignano nos mostra outra visão.

É um choque. Não apenas pela mística que envolve seu país, mas porque Pio representa um choque, talvez um fracasso da sociedade. Pior: talvez o fracasso de todas as sociedades.

Para saber os horários e locais de exibição deste filme e a programação completa do Festival do Rio acesse www.festivaldorio.com.br.

A VISÃO.ARTE está no Festival do Rio. Acompanhe tudo aqui e nas nossas redes sociais.

Viva o Cinema! Viva o Rio de Janeiro, cenário dos mais lindos! Viva a paz na Cidade Maravilhosa!

Até a próxima,

2017-10-10T03:54:04+00:00 0 Comentários

Sobre o Autor:

Lathife Porto
Meu nome é Lathife Porto, tenho 33 anos, sou jornalista, assessora de imprensa, e apaixonada por arte e cultura. Moro no Rio de Janeiro, estou sempre em Paraty {RJ}, mas você pode me encontrar em qualquer lugar do mundo – principalmente no mundo virtual.

Deixar Um Comentário