Visão.Arte

sua arte em foto, por Lathife Porto

    Moda e Beleza Entretenimento Arte e Cultura Entrevistas Passeios Fotos Retrospectiva

Oscar 2016: o brasileiro O Menino e o Mundo

13.
Fevereiro.
2016.

Um garoto mora com o pai e a mãe, em uma pequena casa no campo. Diante da falta de trabalho, no entanto, o pai abandona o lar e parte para a cidade grande. Triste e desnorteado, o menino faz as malas, pega o trem e vai descobrir o novo mundo em que seu pai mora. Para a sua surpresa, a criança encontra uma sociedade marcada pela pobreza, exploração de trabalhadores e falta de perspectivas. Essa é a história de O Menino e o Mundo.
Este é o filme do Brasil no Oscar 2016. Uma animação. Simples, traços originais, muitas cores, e música que representa o nosso país: um pouco de todos os nossos ritmos, em um longa com raríssimos diálogos {e em uma língua que não se entende}. Totalmente diferente dos filmes concorrentes. Por isso, merece destaque.
A trilha sonora é realmente o ponto forte da animação, com Música Original de Gustavo Kurlat e Ruben Feffer. A grande sacada são as imagens surgindo de telas brancas. Crédito para Alê de Abreu: roteiro, montagem e direção.
No entanto, o filme tem um “porém” – a história é feita para adultos. Difícil a criança entender. E mais: o filme é longo, e cansa em determinado momento. Isso não tira o encanto infantil diante das formas, dos desenhos, das cores, dos sons.
Um filme para toda a família.
Uma animação que nos faz dar Vivas às produções brasileiras!
O Oscar acontece dia 28 de fevereiro, e aqui na VISÃO.ARTE você conhece os principais indicados.
Até a próxima,

Oscar 2016: Mad Max: Estrada da Fúria

12.
Fevereiro.
2016.

Após ser capturado por Immortan Joe, um guerreiro das estradas chamado Max (Tom Hardy) se vê no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) na tentativa se salvar um grupo de garotas. Também tentanto fugir, Max aceita ajudar Furiosa em sua luta contra Joe e se vê dividido entre mais uma vez seguir sozinho seu caminho ou ficar com o grupo. Essa é a história de Mad Max: Estrada da Fúria {Mad Max: Fury Road}.
Esse é o quarto filme da franquia Mad Max. Sai Mel Gibson, mantém-se o diretor e idealizador George Miller. Como protagonistas, Tom Hardy e Charlize Theron demonstram entrega total para tornar aceitáveis personagens de um mundo totalmente além:
a água é escassa e usada como chantagem pelos governantes {qualquer semelhança com o Nordeste brasileiro deve ser pura – e triste – coincidência}; os seres perdem quase toda a humanidade, secos como o cenário em que vivem.
Mad Max: Estrada da Fúria é um filme de ação pra quem gosta do gênero. Nem mesmo a mocinha é uma princesa, e sim uma guerreira capaz de tudo para dar mais dignidade ao seu povo. Aí destacamos o talento de Charlize Theron e sua capacidade de ser linda na vida real e transformar-se para a arte.
O filme mereceu 10 indicações ao Oscar 2016: Melhor Filme; Melhor Diretor {George Miller}; Melhor Fotografia; Melhor Figurino; Melhor Maquiagem e Cabelo; Melhor Mixagem de Som; Melhor Edição de Som; Melhores Efeitos Especiais; Melhor Design de Produção; Melhor Edição.
Vale a pena conferir!
O Oscar acontece dia 28 de fevereiro, e aqui na VISÃO.ARTE você conhece os principais indicados.
Até a próxima,

Oscar 2016: filme A Garota Dinamarquesa {Nos Cinemas}

10.
Fevereiro.
2016.

Cinebiografia de Lili Elbe (Eddie Redmayne), que nasceu Einar Mogens Wegener e foi a primeira pessoa a se submeter a uma cirurgia de mudança de gênero. Em foco o relacionamento amoroso do pintor dinamarquês com Gerda (Alicia Vikander) e sua descoberta como mulher. Essa é a história de A Garota Dinamarquesa {The Danish Girl}.
Eis um filme lindo, forte, sensível. E com assinatura. Quero dizer, é possível reconhecer as características do diretor e do ator principal. O pensamento imediato é: só podiam ser eles.
Eddie Redmayne venceu o Oscar 2015 por interpretar um cientista que revolucionou o mundo, apesar das transformações físicas. Agora ele vive um homem que se torna um dos primeiros a fazer a cirurgia genital. Isso no início do século XX! 
Para viver sua esposa, convidaram Alicia Vikander. Seu trabalho mais expressivo, até agora, foi Ex Machina {que concorre a diversos Oscars}, mas os prêmios têm vindo graças a Gerda. Ela faz por merecer – boa parte do filme vale a pena graças às emoções de sua personagem.
Tom Hooper é o diretor, vencedor de dois Oscars: por Os Miseráveis e O Discurso do Rei. Qualquer semelhança de A Garota Dinamarquesa com este último filme deve ser mera coincidência: em ambos um homem tenta superar os limites físicos e entra pra História.
Pode se comparar A Garota Dinamarquesa a uma dança, com cenário e figurinos perfeitos, luz adequada, e personagens que se encontram e desencontram em pequenos espaços – dentro das próprias relações.
O filme foi indicado a quatro Oscars: Melhor Ator {Eddie Redmayne}; Melhor Atriz Coadjuvante {Alicia Vikander}; Melhor Figurino; Melhor Design de Produção.
Em cartaz a partir de amanhã, 11 de fevereiro.
O Oscar acontece dia 28 de fevereiro, e aqui na VISÃO.ARTE você conhece os principais indicados.
Até a próxima,

DGA Awards 2016: os vencedores em festa com toque brasileiro

08.
Fevereiro.
2016.

Mais uma premiação reuniu a elite do Cinema, desta vez foi DGA Awards. Concedido pelo Sindicato de Diretores de Hollywood, o evento aconteceu neste sábado, dia 06.
O principal prêmio foi dado pela segundo ano para Alejandro González Iñárritu.
Confira os vencedores:
>> CINEMA <<
Melhor Diretor
Alejandro González Iñárritu (O Regresso)
Melhor Diretor Estreante
Alex Garland (Ex_Machina)
Melhor Diretor de Documentário
Matthew Heineman (Cartel Land)
>> TV <<
Melhor Diretor de Série Dramática
David Nutter (Game of Thrones, "Mother's Mercy")
Melhor Diretor de Série Cômica
Chris Addison (Veep, "Election Night")
Melhor Diretor de Telefilme/Minissérie
Dee Rees (Bessie)
Melhor Diretor de Programa de Variedades
Don Roy King (Saturday Night Live 40th Anniversary Special)
Tempero brasileiro
Entre os indicados a Melhor Diretor Estreante estava Fernando Coimbra, por O Lobo Atrás da Porta.
Inspirado em uma {terrível} história real, o longa contra o caso conhecido como “A Fera da Penha”. Protagonizado por Leandra Leal, Milhen Cortaz, e Fabiula Nascimento, o filme recebeu diversos prêmios no Brasil e no exterior.
Merece!
Até a próxima,

Oscar 2016: Sicario: Terra de Ninguém

07.
Fevereiro.
2016.

Na crescente fronteira sem lei entre os Estados Unidos e o México, uma agente do FBI (Emily Blunt) é exposta ao mundo brutal do tráfico internacional de drogas por membros de uma força-tarefa do governo (Josh Brolin, Benicio Del Toro) que a escalam em seu plano para derrotar o chefe de um cartel mexicano. Essa é a história de Sicario: Terra de Ninguém {Sicario}.
Eu confesso: evitei assistir Sicario por muito tempo, achando que se tratava de mais um filme com violência gratuita. Engano total. O longa dirigido por Denis Villeneuve tem uma profundidade humana muito além da secura do cenário mexicano.
De origem italiana, no México a palavra Sicario significa “assassino de aluguel”. Logo vem a mente a expressão forte, mas quase vazia, do personagem de Benicio Del Toro. Ator de primeira categoria, ele comanda o elenco que ainda tem Emily Blunt e Josh Brolin entre os principais.
Enquanto travam uma batalha duvidosa da polícia especial norte-americana contra os cartéis de drogas mexicanos, os personagens mostram suas vidas de forma direta, sem meias palavras. Eles são aquilo. Querendo ou não.
A química entre os atores protagonistas e a direção de Villeneuve sem dúvida contribuem para manter o espectador vidrado na tela.
Sicario foi indicado a três Oscars: Melhor Fotografia; Melhor Edição de Som; Melhor Trilha Sonora {Jóhann Jóhannsson}.
Um filme que merece ser visto.
O Oscar acontece dia 28 de fevereiro, e aqui na VISÃO.ARTE você conhece os principais indicados.
Até a próxima,

Perfil

Meu nome é Lathife Cordeiro, tenho 28 anos, sou jornalista, assessora de imprensa, e apaixonada por arte e cultura. Moro no Rio de Janeiro, estou sempre em Paraty {RJ}, mas você pode me encontrar em qualquer lugar do mundo - principalmente no mundo virtual.

Espaço Visão.Arte

Uma revista eletrônica virtual atualizada com Informação, cultura, moda, beleza, dicas de passeios, entrevistas, e muita, muita arte. Sejam benvindos!

Nos Acompanhe!

  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • YouTube
  • Flickr
  • tumblr
  • fashionist
  • we heart it
  • RSS Seed

Arquivo

- Março +
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 1314 15 1617 18
19 202122 23 24 25
26 27 28 29 30 31

Tags

Visão Arte - Fazer eco à arte é o trabalho da Visão.Arte.

Além de Assessoria de Imprensa, Agenciamento e Produção, criamos Sites e Blogs Oficiais para artistas interessados em ter suas páginas na Internet. Uma das nossas maiores intenções é aumentar a interação entre o artista e seus fãs, bem como divulgar seus trabalhos.

Clientes

  • Kesia
  • Jota Corts

Entre em contato e conheça nossos serviços!

Contato