Com Direção de Diego Lopes e Claudio Bitencourt, Lamento chegou ontem às principais plataformas digitais: disponível em AppleTV, GooglePlay, Now, VIvoPlay, Looke, Youtube, XBPIX. O longa foi indicado a Melhor Filme Estrangeiro do Festival de Burbank.

Sinopse: Sem perspectiva de uma vida melhor e no seu limite emocional, Elder enfrenta o período mais difícil de sua vida e as sérias consequências de suas decisões.

Marco Ricca comenta sobre seu personagem, “O Elder está em um momento delicado da vida, com vários problemas financeiros e emocionais e ele tenta enfrentá-los, dentro das impossibilidades que ele tem como ser humano, meio frágil, meio falho. Você assiste à trajetória desse personagem indo por um movimento totalmente vertiginoso em relação à vida dele. Você nunca tem muita certeza de se o que ele está vivendo é real ou está num mundo próprio dele. É um cara que está em constante abstinência, com todas as dores que isso traz – enfrentando uma separação e enfrentando também a perda de algo que é importantíssimo para ele, que é o hotel que herdou do pai e do qual ele não conseguiu fazer algo rentável”.

Figura central dos devaneios de Elder, a garota de programa Letícia (Thaila Ayala) aparece na vida do protagonista e logo some, misteriosamente. “A personagem trata de uma garota de programa com uma personalidade enigmática, nada decifrável, que desaparece de forma bem misteriosa. Ela é muito intensa, com uma personalidade de muitas camadas, de leitura difícil. Uma hora ela é uma coisa, outra hora ela é outra. Essa é a grande curiosidade sobre ela é o que me levou a me apaixonar pela personagem. Foi um trabalho muito desafiador, tudo muito denso, tenso e intenso”, diz Thaila sobre sua personagem.

Um ponto importante em Lamento é o hotel, propriedade do Elder. Mais do que uma locação, o hotel é um personagem dentro da história e por isso de grande importância para a narrativa do filme. Um desafio da produção foi conciliar o orçamento do projeto com o que era viável produzir de fato e a solução foi usar um hotel em operação e que possuía um andar inteiro com a decoração original e que permitisse ter um ponto de partida nas intervenções necessárias. “A nossa direção de arte modificamos completamente o térreo e o primeiro andar do hotel para adequá-lo ao que queríamos. A equipe trabalhou majestosamente integrada e harmonicamente alcançando um resultado incrível. Arte, fotografia, produção, todos se esforçaram para atingir uma qualidade absurda e acaba sendo um momento que reflete o trabalho de todos no filme. Um esforço coletivo, feito com muito amor ao cinema e que reflete no resultado.”, conta o diretor Diego Lopes.

Festivais:

·      Nashville Film Festival

·      Kansas International Film Festival

·      52o Festival de Brasilia (Mostra Territorio Brasil)

·      41O Cairo International Film Festival

·      Katra Film Series (NY) – Premio do Publico de Melhor Filme

·      Inffinito Brazilian Film Festival

·      37o Bogocine – Festival de Cine de Bogota

·      11O Festin – Premio de Melhor Ator

·      Festival de Cinema da Lapa – Premio de melhor ator, atriz, direção de fotografia e direção de arte

Assista!!

Informações e fotos: Sinny Assessoria e Comunicação .

Beijinhos e até a próxima,

Lathife Porto

Escrito por

Lathife Porto

Meu nome é Lathife Porto, sou comunicadora e apaixonada por moda e beleza {acessórios são vício!}, arte e cultura, decoração, arquitetura, e entretenimento.

Moro no Rio de Janeiro, estou sempre em Paraty {RJ}, mas você pode me encontrar em qualquer lugar do mundo – principalmente no mundo virtual.